quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Lara! Eu ainda não acredito - parte II

Ao chegar a Guarujá, fomos para a casa do Breno. - imensa de três andares e toda de vidro com vista para o mar.. Não é preciso dizer que Lara se deslumbrou. Mas o seu olhar nunca sai da minha mira. E de minuto a minuto se cruzava com o dela que logo sorria levemente. Breno estava mais preocupado em embrulhar o barco de seu pai. Que coisa! E eu sinceramente, estava preocupado em desembrulhar Lara. Cada gesto seu acendia um desejo forte, um tesão quase incontrolável. Mas fui me controlando.

Ai papo vem papo vai, eu ousei e oferecia bebida a ela. O bar da casa tinha de tudo de cerveja a uísque e até bebidas exóticas. Bem ofereci de imediato um dry Martine o único drink que sei fazer.
E ela aceitou.
Bebemos e o sorriso e olhar ia e vinham. Lara parecia dona da jogada eu podia ver nos olhos dela que ela sabia que há qualquer momento ela poderia me ter. E era verdade!
Breno então apareceu falando pra gente ir comer algo num restaurante próximo.

Lara disse que queria tomar um banho! E me olhou insinuando o seu desejo, agradeceu o drink e foi para o seu banho. Eu quase fui atrás, mas o Breno insistiu pra gente ir comer algo. ! Comer algo! Como a Lara ali! Eu não acreditei!
Mas pensei na jogada de Lara e achei melhor ir com o Breno. E não deixar Lara pensar que ela estava dominando aquele jogo de sedução. Durante todo o almoço eu só pensava em Lara. A imaginando tomando banho, e... A comida não descia. Bebi pouco comi pouco.
E quando voltamos Lara estava tomando sol na piscina da casa. De biquíni que revelava todo o seu sensual corpo e séria como se agente nem estivesse ali.

E Pela primeira vez eu vi Breno de boca aberta por ela. Quase quis esmurra-lo. Mas ele percebeu que ela era minha e se retirou. Fiquei ali a olhando, devorando com os meus olhos sem parar. E ela imóvel debaixo do ombrelone, de óculos escuros como se estivesse dormindo. Tenho certeza de que ela sabia que eu estava parado na dela.
Então ela se levantou, levantou os seus óculos, me olhou e se jogou na piscina. Depois nadou um pouco e me olhou novamente sorrindo.
-Vem cá pula na piscina!
Eu tirei a camiseta e pulei de bermuda e tudo. E ali agente se daria bem. Mas assim que eu pulei na piscina ela saiu, tomou a toalha olhou para mim com seu sorriso e desdém e foi para dentro da casa. 

Ela se vingou!

Fiquei na piscina como um idiota, sem palavras e sem ação. Quando entrei pra casa minutos depois, eu não pude acreditar no que vi. Lara  e o Breno se beijando demoradamente bem enfrente ao bar....A meu Deus aquilo não era possível!