terça-feira, 6 de dezembro de 2011

A sua a minha a nossa inveja de cada dia


Inveja Ter ou Provocar?

Semana passada um amigo que ganhou uma promoção, conquista e mérito, aproximou-se de mim e sorrindo comentou o fato.
Eu fiquei feliz por ele, mas realmente não estava me interessando tanto assim. Eu tinha naquele momento o meu pensamento voltado para outra ideia. Mas não o desprezei,  sorri cumprimentando.

Ele me olhou com certa amargura.
- O que foi! Parece que você não gostou?
- Gostei sim, mas é que estou com outros pensamentos. Sabe como é?
- Eu sei como é! Tem gente que não fica feliz, sente inveja.
- Inveja! Claro que não!
- Não o que! Todos aqui estão com inveja por essa minha promoção!
Então um pensamento me veio.
- Ei cara porque você ficou feliz com essa inveja que diz que todos têm de você?
- Porque é verdade!
- Que verdade! Porque você precisa que outros tenham inveja de você!
Ele se desconcertou.
- Eu sei como é!
- Cara!  Acho que além de você apenas mais um queria esse cargo. Eu nunca quis esse cargo.
E por isso não to com inveja.
- Mas eu fui promovido! Não importa o cargo!
- Não importa o cargo, importa ser promovido pra causar inveja! É isso! E porque causar inveja!
Ele se silenciou, me olhou mais profundamente e se foi.

Não o recriminei, porque a gente é assim mesmo, de vez em quando precisamos que o outro sinta inveja de nós. Talvez quando estamos carentes por alguma coisa que deu errado, ou um  outro qualquer que nos magoa, ou então frustrados por não ter conseguido algo, alguém... E assim com a estima em baixa ou inseguros em começar uma nova etapa em nossa vida. Ai quando sabemos que alguém está com inveja, exibimos mais ainda para sentir que podemos tocar a atenção de alguém.
Alguém vai dizer que isso não passa de uma tolice, de uma futilidade. Mas seja sincero e olhe para algum momento de  sua vida e me diga se não passou por isso.

A inveja é um ódio vindo da frustração e frustração se cura com realização. E realizar os seus desejos, os talentos, os seus dons, ocupa os espaços vazios, o tempo e mesmo que não seja 100% do que você estava esperando, sempre nos arma de satisfação e prazer. E consequência automática, nós deixamos de lado a necessidade de ter inveja ou desesperadamente provocar inveja.