sexta-feira, 16 de julho de 2010

A eterna amizade com o nosso amigo o Cão.

Acabo de ler Criatividade, do grande Domenico de Masi, um livro fundamental com antídoto para a monotonia estressante do dia e dia e diga-se de passagens sem razão alguma ou função alguma.
Se trata de um livro fundamental para se entender como nos os seres humanos nos demos bem, aparentemente, nesse planeta. Domenico de Masi se aprofunda em todas as eras e mostra minuciosamente em nosso processo de evolução o quanto fizemos e ainda poderemos fazer para cada vez mais nos darmos bem nesse jogo da vida.

Pois-bem, não vou me aprofundar mas o importante  que tenho a realçar ,e que me chamou muito a atenção,  foi o que ele classificou de uma de nossas primeira e talvez importante invenção. O cão.
Sim, o velho e bom amigo cão. Segundo ele, talvez tenha sido o primeiro animal que domesticamos, mas não de forma forçossa, e sim atravez de um acordo.

No tempo de nossos antepassados, que são provados cientificamente, me perdoem o criacionistas que não tem prova alguma, ainda nas cavernas ou antes dela, a partir do momento que o homem começou a andar em bando e caçar  e se proteger uma ao lado do  outro como uma sociedade, chamou a atenção de uma espécie de lobo tão ancestral como os nossos antepassados e passaram a seguir o bando de homos e alimentarense do resto de suas caças, fornecendo em troca algum tipo de protecção contra outros predadores reinante na época, e até mesmo de outros homo.

E isso pelo simples fato de terem um olfato bem mais apurado do que o homo e por isso pode com uivos de alerta denunciar que alguma fera celebridade da época atacasse o bando ou uma prole recem nascida. E desse acordo, o cão foi evoluído juntamente conosco, se transformando nesses entes queridos que a gente tem certeza que fazem parte de nossa família ou convivemos com eles em outras vidas passadas.

Nós precisamos  apreender a olhar mais essas maravilhas da criação, o que muitos não entendem e por questões religiosas acham que Deus não seria maravilhoso e genial e criativo e supremo se usasse da evolução. Pois não há nada mais lindo do que uma ameba se transformar em uma estrela do mar: uma estrela do mar se transformar em uma estrela das novela das oito.
Os cães provam juntamente conosco e tudo o que está no mundo hoje, que houve um passado, uma transformação e com o tempo, milhões de anos, tudo foi diferente e será no futuro...

NAQUELA MANHÃ EU DESCOBRI ...

Achei que poderia dentro de minha razão convencer-la  ficar  para sempre ao meu lado e do meu jeito. Afinal de contas gostar não é gostar  com todos os defeitos e qualidades? Bem gostar somente quando se é bonzinho ou está bonitinho ou é docinho é fácil, bem fácil e cômodo. 

Mas o gostar vêem realmente quando experimentamos na pele o mal humor da pessoa amada, e até mesmo as suas fraquezas. Se é uma pessoa estranha a gente ou ignora ou deixa pra lá  e tudo bem. eu não sou obrigado a suportar encheção de saco de ninguém, como procuro não fazer. Mas têm neguinho que parece que faz de propósito...Mas isso deixa pra depois. O que eu estou tentando "me dizer" desde essa madrugada é que... Eu não suportei os seus defeitos por muito tempo. 

O seu péssimo habito de fumar. De tirar saro de meu time, de falar mal de minha família, de dizer que eu não sei cozinhar...etc...Talvez fosse vingança por eu dizer que ela estava gordinha, que não entende de futebol porque fala. De que isso não é coisa de mulher e etc... Eu não suportei os defeitos dela e ela não suportou os meus, por isso acabou. Acho que não tenho muito mais do que dizer, porque sei realmente o que se passou. O AMOR ACABOU. E tarde demais eu estou apreendendo que gostar é gostar com todos os defeitos e qualidades....