domingo, 10 de junho de 2012

Sabedoria de uma boa conversa.


Sempre que parei por algum momento em minha vida e conversei com alguém pude apreender algo.

Talvez não importasse naquele momento o que esse alguém me disse, mas em outros momentos foi útil e sempre me pego surpreso com isso.

Apreendi que todos têm algo para nos dizer e acrescentar em nossas vidas.

Porque simplesmente esse alguém viveu o que não vivemos.

Às vezes estamos num momento de egoísmo, de empáfia, se achando o bom. E que o outro é um reles, um ser qualquer um Zé ninguém. Ou como se diz hoje em dia. Esse cara não tá  em meu circulo e não tem nada a ver com o meu foco. E como sempre, deixamos passar bons momentos e algum aprendizado.

Claro que há sempre o problema do tempo. Às vezes nos falta tempo e por isso mesmo às pessoas estão mais pobres de experiências, menos vividas. – usando o português casual.

Conversar é sempre uma troca de experiência. E conversar com pessoas fora de nossos círculos é ainda mais enriquecedor.

E numa dessas conversas que um alguém me disse:

“Mesmo o pior livro, o pior filme sempre tem algo que não sabíamos que nos emociona e nos enriquece”.



Levo esse aprendizado para os momentos que disponho para conversas. Sejam em supermercados, filas de banco, ônibus...

Às vezes há chatice, mas quase sempre se pode tirar algum proveito.

Bom proveito.

" HÁ SEMPRE UMA VERDADE QUE NÃO ESPERAVAMOS"