sexta-feira, 8 de abril de 2011

Cuidado com as palavras!

Todos nos estamos  consternados com o massacre de crianças  na escola do Realengo no Rio de Janeiro. E assombrados com o criminoso Welliton que na carta usa termos como Impuros. Fornicadores. E usou esses termos em seu Blog. Esse Welliton tem problemas mentais como parece estar claro. Mas encontrou forças em palavras como essas para expressar acomodar a sua loucura . Não vamos aqui condenar nenhuma forma de religião. Porque loucos, dementes, psicopatas nascem todos os dias e não são culpa de religião alguma. Welliton podia ser judeu, católico, espírita, budista, muçulmano, ateu e qualquer outra religião que a sua loucura prevaleceria. Mas sabemos que algumas ceitas usam esses termos com apelo. Os impuros, as pessoas do mundo.  Coisas do mundo. E que a ceitas ou religião que ministram são as melhores, a unica a verdadeira e que os demais não. Eu já ouvi pessoas dizerem que a tragédia de certo país e por causa de sua religião que não a da pessoa. E que o povo de tal continente e amaldiçoado e que tal religião é errada. E esquecem que Deus não criou religião alguma, apenas deixou a sua palavra. Assim como a maioria dos lideres religiosos. E que o amor e o respeito ao outro e a todos e fundamental para ser visto pelos olhos de Deus. Quando usamos palavras fortes como impuros e condenamos outras religião que não a nossa estamos dando razão as loucuras de psicopatas, dementes e loucos que estão sentados ouvindo a pregação seja de qual religião for. 
Por isso, vamos dizer mais sobre o amor, o respeito  a cada um e a todos. E evitar termos fortes que possam ativar loucos e dementes.